FOCUSMSN | MUSIC & SPORT NEWS

'A Peça', novo álbum de Anna Joyce, assinala a primeira década de uma carreira ímpar

‘A Peça’, novo álbum de Anna Joyce, assinala a primeira década de uma carreira ímpar

|

Anna Joyce tem regresso marcado a Portugal já há algum tempo, e a razão pela qual a cantora angolana vem de passagem a algumas das mais célebres salas do país também já era conhecida: para assinalar 10 anos de carreira, a autora de ANNA tem um novo trabalho em mãos, um disco que, composto exactamente por 10 canções, pretende precisamente assinalar essa primeira década de carreira em cheio.

“Off Para Ti” e “Safadeza” — que fura o alinhamento redondo como bonus track enquanto décima primeira faixa do álbum — serviram de singles de antecipação de A Peça, título do novo longa-duração de uma das vozes contemporâneas mais acarinhadas não só em Angola, mas também em Portugal. Ao terceiro projecto a solo, a “Protagonista” desta história de sucesso apresenta agora um trabalho na flor do amadurecimento, ainda mais segura de si, da sua voz e da sua identidade enquanto cantora e compositora, onde conta a história do fim de um relacionamento amoroso, do sofrimento à superação e alegria.

Praticamente sozinha ao longo destes 10 capítulos, são inequivocamente suas as histórias que traz para A Peça, uma obra de autora no esplendor da sua vida artística, autêntica embaixadora da kizomba feita de Angola para o mundo. E é virada para o mundo que Anna Joyce aponta A Peça, disco que merecerá uma digressão muito especial na hora da sua apresentação em palco.

Não só para apresentar oficialmente o novo álbum, mas também para assinalar esses 10 anos de carreira, Anna Joyce tem agendada uma tour que começa em território nacional e que a levará além fronteiras, desde logo com Portugal à cabeça — e um conjunto de datas simbólicas pelo caminho: já no próximo mês de Junho, em três dias seguidos, a artista angolana apresenta o seu mais recente álbum em nome próprio no Salão Preto e Prata do Casino Estoril (dia 27), no Auditório da Super Bock Arena, no Porto (dia 28), e no Coliseu dos Recreios, em Lisboa (dia 29), num concerto de lotação já esgotada — feito que repete este ano, depois de em 2022 se ter tornado a primeira artista feminina angolana a lotar o Coliseu de Lisboa.

Anterior

Compilação “Sérgio Vezes Três”, de Sergio Godinho, disponível nas plataformas digitais

Mimicat lança novo Single “Dança Comigo”

Seguinte