Gisela João revela ‘Já Não Choro Por Ti’, o segundo single do novo álbum AuRora

|

Depois de ‘Louca’, Gisela João revela ‘Já Não Choro Por Ti’, o segundo single do novo álbum AuRora, sucessor de “Nua” (2016) e “Gisela João” (2013), que será editado a 9 de Abril mas já pode ser adquirido na pré-venda exclusiva Fnac, autografado pela artista.

‘Já Não Choro Por Ti’ tem letra e música da autoria de Jorge Cruz e arranjos de Michael League, o produtor de AuRora, que neste segundo single também toca mellotron e guitarra eléctrica. Na guitarra portuguesa ouvimos Ricardo Parreira, na guitarra clássica Nelson Aleixo e no baixo Francisco Gaspar. Ubíqua, a voz de Gisela João que nos canta «Já não choro por ti, já não vou de rua em rua, no encalce de quem, saiba dar notícia tua». Uma resposta a “Madrugada sem Sono”, o primeiro tema do disco de estreia de Gisela João, que Jorge Cruz teve vontade de escrever desde que a ouviu cantar em 2013: «Na solidão a esperar-te, meu amor fora da lei, mordi meus lábios sem beijos, tive ciúmes, chorei». 

Igualmente filmado em São Paulo, tal como o do primeiro single ‘Louca’, o vídeo oficial de ‘Já Não Choro Por Ti’ representa o Canto II de uma trilogia de canções e respectivos vídeos que ficará completa com a revelação do terceiro single ‘Canção Ao Coração’, que acontecerá ainda antes do lançamento de AuRora. 

AuRora foi gravado entre Lisboa – Almada, para sermos mais precisos – , e Barcelona e será lançado numa altura de desconfinamento, trazendo consigo a auspiciosa promessa de dias mais luminosos. É também o primeiro disco em que Gisela João apresenta essencialmente canções originais e revela os seus dotes de letrista e compositora. E canta não apenas como esperamos que cante mas para lá de tudo o que lhe ouvimos cantar até hoje. 

Com uma voz e um timbre absolutamente singulares, Gisela João é uma figura central e uma das mais importantes intérpretes da história da música portuguesa, tendo sido distinguida com inúmeros prémios, entre os quais, Blitz, Time Out, Expresso e o Globo de Ouro para Melhor Intérprete Nacional. Presença constante em palcos nacionais e internacionais, com actuações electrizantes e inolvidáveis, Gisela João cedo se consagrou no Fado contemporâneo seguindo a matriz tradicional, sem desvios, nem artifícios, mergulhando na sua génese, na sua autenticidade, sem excessos ou maneirismos, para que, no fim, se mantenha genuíno. 

Anterior

Sporting continua líder depois de goleada sobre o Portimonense

Benfica vence Sp. da Horta em jogo em atraso da 13ª jornada

Seguinte