Luís Represas levou ao teatro Maria Matos o seu mais recente trabalho ‘Ao Canto Da Noite’

|

Ontem, no teatro Maria Matos, ‘Ao Canto Da Noite’, Luis Represas apresentou, em mais um cobcerto sublime, o seu novo trabalho discográfico. Interrompido pela pandemia, Luís regressou aos palcos, em grande forma, a cantar as suas baladas e a lembrar amigos presentes e outros que já não estão entre nós.

Com voz melodiosa e suave Represas soube embalar os fãs, que encheram o Maria Matos, para durante cerca de 90 minutos, cativar o público que pediu encore e no final houve quem dissesse, que espectáculo.

Com mais de 40 anos de carreira, Luís Represas continua a cativar e a trazer consigo uma legião de fãs.

Alinhamento: ‘Olhos’ – ‘Fora De Tempo’ – ‘O Que Vai Ser’ – ‘Um Caso Mais’ – ‘Do Fundo Do Tempo’ – ‘A Fuego Lento’ – ‘Asas De Anjo’ – ‘Feiticeira’ – ‘Perdidamente’ – ‘Quem Disse’ – ‘A Última Festa’ – ‘Ao Canto Da Noite’ – ‘Foi Como Foi’ – ‘Da Próxima Vez’ – ‘125 Azul’

Fotos Carlos Silva Photography

Anterior

Samuel Úria apresentou ‘Canções do Pós-Guerra’ e pôs o Tivoli em alvoroço

Diana Vilarinho levou o fado ao Casino Estoril e encantou quem a ouviu

Seguinte

Deixe um comentário

%d bloggers like this: