O Gajo apresenta a capa de “Subterrâneos” a ser editado este mês

|

O Gajo apresenta a capa para o seu 3.º disco “Subterrâneos“, a ser editado a 15 de março. Esta capa tem por base uma pintura da autoria do artista plástico de Arcos de Valdevez, Mutes.

O nome “Subterrâneos”  surge como fonte de onde todo este disco germina.

Segundo João Morais, O Gajo, “o confinamento obrigou a uma menor relação com os outros e a uma maior proximidade com o nosso eu interior. Por fora somos o que queremos que os outros vejam, mas é por dentro que está o que verdadeiramente somos e isso nem sempre é um bom reflexo”.

Neste contexto, o músico explica que “a pintura que faz capa deste disco é da autoria do artista Mutes e mostra uma série de figuras disformes que representam essa imagem subterrânea que pode ser a de cada um de nós“.

Mutes conta já com um grande percurso artístico, com mais de 200 exposições por todo o mundo e um Art Prize Picasso no Museu do Louvre em Paris em 2016.

O encontro de Mutes com O Gajo acontece pela primeira vez num concerto no espaço Damas em Lisboa e depois de conhecer melhor o portfólio do artista, O Gajo decide pedir a Mutes para usar uma das suas pinturas na capa do novo disco.

A obra chama-se “Em marcha de escarlate” (acrílico sobre tela) e é original de 2017.

Anterior

“Assobia para o lado” a música portuguesa nomeada para o prémio ari[t]mar

AGIR canta ‘Flor Sem Tempo’ e ‘E Depois do Adeus’ em homenagem ao pai

Seguinte