Ana Laíns 20 anos de carreira em disco

|

Ana Laíns edita “20 Anos – Ana Laíns e Convidados ao vivo no Casino Estoril”, um álbum gravado no concerto de celebração de 20 anos de carreira da artista que esgotou o Salão Preto e Prata do Casino Estoril em Janeiro de 2020, com chancela Tradisom.

O disco “20 Anos – Ana Laíns e Convidados ao vivo no Casino Estoril” é editado em formato disco/livro que inclui o áudio completo do concerto assim como registos fotográficos únicos desta noite de celebração de uma carreira totalmente dedicada à música tradicional portuguesa.

Sobre este lançamento, AnaLaíns caracteriza este disco como “uma carta de amor. Uma carta escrita com a pena da resiliência. Mas é também uma carta que comecei e rasguei muitas vezes no decorrer dos últimos 20 anos. Porquê? Porque não é fácil entregar um coração inteiro a um país, à condição de se ter nascido dele, e nele, sem obter, muitas vezes, a reciprocidade desejada.”

Além de ser um disco/celebração de 20 anos de carreira e de dedicação à promoção da língua e cultura tradicional portuguesas, este trabalho tem também a peculiaridade de não esquecer a 2.ª língua oficial portuguesa, o Mirandês, uma vez que, em colaboração com a Associação de Língua Mirandesa, todas as canções do alinhamento deste concerto foram traduzidas para esta língua.

Sobre a inclusão e preocupação de traduzir o seu trabalho para o Mirandês, AnaLaíns refere que “este disco não é sobre afirmar que todos os portugueses deverão aprender o Mirandês, falado e escrito, em detrimento do português. É sobre dizer aos portugueses e ao mundo, que existe uma 2.ª Língua Oficial em Portugal, proveniente do asturo-leonês, que ao ocupar o seu espaço na nossa identidade enquanto povo, apenas nos enriquece, nos torna mais diversos e completos.”

Este disco será editado a 14 de Maio e está em pré-venda a partir de 14 de Abril em exclusivo em FNAC.pt.

O disco conta com a participação de inúmeros convidados que foram fulcrais no percurso de Ana Laíns, como: Luís RepresasIvanLinsMafalda ArnauthFernando PereiraSilvestre FonsecaFernando A. Pereira (trovador) e ainda o Grupo Cantares de Évora e as Adufeiras de Idanha-a-Nova.

“Por tudo isto, este disco é uma carta de amor. E como (quase) todas as cartas de amor, incorre no risco de ser excessiva, exacerbada, dramática e ridiculamente romântica.
Ainda assim?
Dane-se! 
Porque ele é todo um coração que coloco nas vossas mãos.
E isso é Amor.”

Ana Laíns é tudo isto nos seus 20 anos de carreira, uma cantora que se move dentro de uma linguagem artística muito própria, fora do âmbito normal do fado. Ao longo do seu percurso tem desenvolvido um trabalho que se caracteriza pela fusão de várias sonoridades portuguesas e das diferentes culturas que se aglutinam no nosso país, mas numa constante homenagem e respeito para com a Língua Portuguesa.

São estas peculiaridades na sua voz, música e sonoridade que tornam Ana Laíns única e que têm despertado o interesse de programadores e públicos internacionais, por várias ocasiões, ao longo dos seus 20 anos de carreira: em 2009 participou do tema “Amazing Grace” do premiado artista Boy George, em 2014 é nomeada “Embaixadora das Comemorações dos 8 séculos de Língua Portuguesa” e em 2017 o seu disco “PORTUCALIS”, além de ser um sucesso na crítica em Portugal, foi também considerado um dos 10 melhores álbuns do ano pela imprensa Sueca e Espanhola.

Ao longo dos 20 anos de carreira embarcou em vastas digressões internacionais que passaram por cidades como BarcelonaMadridSevilhaSaragoçaZamoraBucaresteBaku, com especial destaque para o Festival Internacional de Música de Izmir (Turquia), que foi a primeira vez que recebeu uma cantora portuguesa em palco.

Anterior

Damásio Brothers & Xuxu Bower lançam novo single e videoclipe

Os Moonspell, 30 anos de carreira, de regresso aos palcos em Portugal e no Reino Unido

Seguinte