Gisela João completa trilogia com o single/video ‘Coração ao Coração’

|

Depois de ‘Louca e ‘Já Não Choro Por Ti’, Gisela João lança hoje ‘Canção Ao Coração’, o terceiro e último single do seu novo álbum “AuRora”, sucessor de “Nua” (2016) e “Gisela João” (2013), que será editado dentro de uma semana, no dia 9 de Abril, mas já pode ser adquirido na pré-venda exclusiva Fnac, autografado pela artista. 

vídeo de ‘Canção Ao Coração’, tal como os dos primeiros dois singles, foi filmado em São Paulo, Brasil, e encerra a trilogia de canções e respectivos vídeos que, juntos, formam uma curta metragem. Gisela João, que assina a produção de “AuRora” em parceria com Michael League (Snarky Puppy) e Nic Hard é, além da voz de ‘Canção Ao Coração’, a sua letrista e partilha os créditos da música com Justin Stanton (Snarky Puppy), seu companheiro de vida e de quem considera “ter recebido ferramentas técnicas e empoderamento fundamentais para perder a timidez e assumir-me, finalmente, como compositora e letrista”.

Os dois músicos dos Snarky Puppy partilham a autoria dos arranjos deste terceiro single, com as interpretações de mellotron, guitarra eléctrica e voz a cargo do primeiro e o piano e teclados do segundo. Ricardo Parreira na guitarra portuguesa, Nelson Aleixo na guitarra e Francisco Gaspar no baixo completam o naipe extraordinário de músicos que podemos ouvir em ‘Canção Ao Coração’.

Gravado entre Almada e Barcelona, AuRora é lançado na semana de desconfinamento, trazendo consigo a auspiciosa promessa de dias mais luminosos e, 5 anos volvidos sobre o último álbum, a voz e o timbre absolutamente singulares de Gisela João no melhor e mais ambicioso álbum da sua discografia. Figura central e uma das mais importantes intérpretes da história da música portuguesa, nunca é demais recordar o que Miguel Esteves Cardoso vaticinou: “Amália Rodrigues foi a grande fadista do século XX. (…) Sei e sinto, com a mesma força, que Gisela João é a grande fadista do século XXI”.

Presença constante em palcos nacionais e internacionais, com actuações electrizantes e inolvidáveis, Gisela João cedo se consagrou no fado contemporâneo seguindo a matriz tradicional, sem desvios, nem artifícios, mergulhando na sua génese, na sua autenticidade, sem excessos ou maneirismos, para que, no fim, se mantenha genuíno. 

+2
Anterior

‘Pausa’, revelado o segundo single de Nuno Alves incluido no álbum ‘Adamastor’

Sporting vence Benfica e conquista a terceira supertaça consecutiva

Seguinte