Joana Espadinha uma das melhores vozes nacionais no Maria Matos

|

Depois do lançamento do álbum ‘Ninguém Nos Vai Tirar o Sol’, em Setembro passado, Joana Espadinha apresentou-o agora ao vivo, no teatro Maria Matos e trouxe com ela duas convidadas muito especiais Luísa Sobral e Carminho.

Com o emblemático teatro da capital cheio, a cantautora, com a sua simplicidade e qualidade vocal, encantou todos os que ali se deslocaram para assistir ao vivo a um alinhamento que contava não só com todas as músicas do seu novo trabalho mas também mesclado com canções do álbum anterior ‘O Material Tem Sempre Razão’.

Este seu terceiro trabalho vem na linha do anterior, com a produção a cargo de Benjamim, um disco introspectivo, desta vez com músicas dedicadas e a pensar no filho que nasceu faz pouco tempo. A emoção e o romantismo fazem parte do repertório desta jovem intérprete, já com créditos firmados no panorama musical português.

Carminho foi convidada surpresa, elas que construíram uma relação de grande amizade depois que Joana escreveu uma canção a pensar na fadista, depois de alguns meses arranjou coragem de lha enviar, música essa que viria a impressionar a fadista e construir a partir daí uma forte relação de amizade e Luísa Sobral, que tinha estado anunciada para a apresentação do anterior álbum no Villaret, mas não pode estar presente devido a uma amigdalite, abrilhantaram um concerto com muita animação e interacção com o público.

Durante cerca de 90′ aquele teatro ganhou vida, o público incentivado pela artista, levantou-se e dançou, abrilhantando um concerto de uma cantora que aos poucos vem conquistando um espaço importante e meritório na música pop portuguesa.

Alinhamento (a bold as músicas do novo álbum): TravessiaO Príncipe e o SapoNinguém Nos Vai Tirar o Sol – Qualquer Coisa – Mau FeitioUm SentimentoQueda Prá Desgraça (c/Luísa Sobral) – Sem Emenda (c/Luísa Sobral) – Quem Me Dera Saber Que Sou FelizDar Resposta – O Menino e a Cidade (c/Carminho) – A História do Pé de Feijão (c/Carminho) – O Material Tem Sempre Razão – Zero a Zero (canção do festival 2018) – Pensa Bem – Astronauta Encore: As Rosas (c/Carminho) – Leva-me a Dançar

Fotos do concerto AQUI por Joaquim Galante

Anterior

Lefty no Cine Almadense para apresentação do seu disco de estreia

Cachorro sem Dono é o novo projeto de Stereossauro e Cabrita

Seguinte