Falco irreverente na música e na vida deixou um legado musical intemporal

|

Johann (Hans) Hölzel nasceu em Viena de Austria, em 1957, e faleceu em Puerto Plata, República Dominicana, em 1998, mas foi como Falco, que ficou internacionalmente conhecido, na década de ouro da música.

Falco estudou no Conservatório de Música de Vienna. Antes de obter sucesso internacional, tocava baixo na banda de hard rock austríaca Drahdiwaberl. Tocava igualmente bateria, piano, guitarra, violão, além do vocal e do baixo.

Como artista solo, Falco interessou-se pelos sons e ritmos da música rap, tornando-se um dos primeiros na Europa a incorporar esse estilo nas músicas pop/rock. O seu primeiro êxito foi a canção “Rock Me Amadeus”, inspirada no filme Amadeus, integrada no álbum Falco 3, que se tornou um “hit” mundial em 1985, atingindo o número 1 na lista dos singles mais vendidos nos Estados Unidos da Revista Billboard.

Outros hits conhecidos internacionalmente são: “Der Kommissar”, (álbum de 1982) Einzelhaft, “Vienna Calling” e ”Jeanny” (álbum de 1985) Falco 3 e “Titanic” (álbum de 1993) Nachtflug.

Uma versão em inglês de “Der Kommissar” foi feita pela banda After the Fire, que acabou se tornando um hit ao atingir o top 5 da Revista Billboard em 1983.

A canção de Falco “Jeanny” causou controvérsia na Alemanha, pois a letra contava a história de um estuprador. Várias estações de rádios e DJs se recusaram a tocar a canção por toda a Europa, mas nem isso a impediu de se tornar um grande “hit” em vários países europeus.

Em algumas músicas, misturava inglês e alemão, como “Männer des western”, ”Jeanny”, “Crime Time” e muitas outras.

Cantor, compositor, com inegavel mestria a tocar variados instrumentos, Falco foi um interprete irreverente na música e na vida, tendo falecido a poucos dias de completar 41 anos.

Para recordar hits que ainda hoje ecoam no nosso imaginário musical:

Anterior

Rita Redshoes no Teatro São Luiz

Prémios Literários da Estoril Sol de regresso

Seguinte

Deixe um comentário

%d bloggers like this: