Yes, brtânicos no topo do rock progressivo dos anos 80, activo há mais de 50 anos

|

Yes é uma banda britânica de rock progressivo formada por Jon Anderson (vocal), Chris Squire (baixo), Tony Kaye (teclado), Peter Banks (guitarra) e Bill Bruford (bateria) em 1968. Apesar das muitas mudanças na formação, o grupo está activo há mais de 50 anos e mantém grande prestígio internacional.

A popularidade significativa da banda teve início principalmente após o lançamento do disco ‘The Yes Album’, onde os Yes começaram a explorar os novos horizontes do rock progressivo. Nos discos ‘Fragile’ e ‘Close to the Edge’, e com a estreia de Rick Wakeman nos teclados em ‘Fragile’, a banda cimenta a sua fama ao redor do mundo. O subsequente albúm ‘Close to the Edge’ é considerado por musicólogos e críticos como a essência do rock progressivo e o melhor álbum do gênero.

O albúm ‘Going For The One’, incluía a música ‘Awaken’ considerada por Jon Andersson uma obra prima. O single ‘Wonderous Stories’, consistiu no primeiro em que se abandonavam os excessos musicais e suítes longas para algo mais atraente a um público maior, ao incorporar elementos da música pop, atingindo seu o ponto mais alto com o bem-sucedido 90125 e Big Generator.

A voz singular de Jon Andersson, que participou entre outros trabalhos, formando a dupla Jon & Vangelis e no albúm ‘Crises’ de Mike Oldfield, ajudou a catapultar o grupo para o topo da era de ouro do rock progressivo.

Em 2016 os Yes foi introduzido ao Rock and Roll Hall of Fame, é uma das bandas mais antigas ainda em atividade, com 52 anos de carreira. Eles são também uma das bandas de rock progressivo mais bem sucedidas, influentes e mais duradouras.

Em Abril de 2021 vão estar em Portugal para uma actuação no Campo Pequeno, a não perder.

Embaixo o concerto ao vivo na Alemanha de promoção do albúm ‘90125’, em 1984.

Anterior

Parlamento Europeu assinala Dia da Europa

Subdiretor-Geral da Saúde reforça o apelo à vacinação

Seguinte

Deixe um comentário

%d bloggers like this: